sexta-feira, 10 de julho de 2009

Café - Enviado por Ester



by Everardo Norões

Desencarno arábias
de uma xícara morna
de café.
E um fio negro
me assedia a boca.

(Através da janela
o galho de pitanga
ostenta seu adorno
encarnado).

Viajo
pelo negror do pó:
Dar-El-Salam,
Bombaim,
Áden
(sem Nizan, sem Rimbaud):
as colinas ocres,
a poeira dos dias.

De onde vem o grão
dessa saudade?

Desentranho arábias
dessa xícara fria.
Enquanto aguardo o dia
que não chega.

Desacordo e sorvo
a sombra morna
do que sou
na borra
do café.

Hoje é a nossa querida Ester quem nos oferece esse belo café com poesia!
Obrigada Ester


¯`•.¸¸.>


Comentário em Destaque:


Na posicão de leitor cuja lingua materna não é o portugues, gostei da atmosfera evocada por imagens veladas que se harmonizam com o ambiente musical em tom menor que impregna o poema e permitem a imaginação flutuar livremente numa espiral de vapor. Gostei da referencia a Rimbaud, que na minha interpretação pessoal, quer dizer que não precisamos anestesiar os sentidos no intuito de sentir-nos vivos e criativos. Me identifico com essa idéia, portanto nesse sentido o poema alcançou seu objetivo!
Parabens, gostei muito!

Jean-Louis


As a reader whose portuguese is not his first language, I loved the atmosphere conjured up by the veiled images that work in harmony with the musical mood in minor tone that permeates the poem and allows the mind to float on a wisp of steam. I appreciated especially the reference to Rimbaud as I interpret it to mean that one doesn't need to anesthetize the senses in order to feel alive and creative. I identified with it, so in this sense, the poem accomplished its purpose. Parabens, eu gostei muito.


En tant que lecteur dont la langue maternelle est le francais, j'ai aime l'atmosphere evoquee par les images voilees qui s'harmonisent avec l'ambiance musicale en ton mineur qui impregnent le poeme et permettent a l'imagination de flotter librement sur une volute de vapeur. J'ai surtout apprecie la reference a Rimbaud partant d'une interpretation toute personnelle, bien sur, que l'on n'a aucun besoin d'anesthesier les sens afin de se sentir en vie et creatif. Je me suis identifie au poeme donc l'auteur a accompli son but.
Parabens, gostei muito!

Jean-Louis

¯`•.¸¸.>

36 comentários:

Luciana disse...

Mírian Querida,
o meu Reizinho nasceu e ele é perfeito!
Deus é fiel mesmo né?Como Ele é maravilhoso!!!
Obrigada pelas orações.
bjos

Beth/Lilás disse...

Oi, Mirian!
Linda poesia. Adoro ler poemas e volta e meia entercalo meus textos com uma poesia, pois acho que as pessoas esqueceram disso, de ler e interpretar as coisas que leem, tudo muito rápido e sem sensibilidade no mundo atual.
beijos cariocas

Pelos caminhos da vida. disse...

Saudades da Ester amiga.

Fim de semana de luz para todos nós.

beijooo.

Jean-Louis disse...

En tant que lecteur dont la langue maternelle est le francais, j'ai aime l'atmosphere evoquee par les images voilees qui s'harmonisent avec l'ambiance musicale en ton mineur qui impregnent le poeme et permettent a l'imagination de flotter librement sur une volute de vapeur. J'ai surtout apprecie la reference a Rimbaud partant d'une interpretation toute personnelle, bien sur, que l'on n'a aucun besoin d'anesthesier les sens afin de se sentir en vie et creatif. Je me suis identifie au poeme donc l'auteur a accompli son but.

Jean-Louis disse...

As a reader whose portuguese is not his first language, I loved the atmosphere conjured up by the veiled images that work in harmony with the musical mood in minor tone that permeates the poem and allows the mind to float on a wisp of steam. I appreciated especially the reference to Rimbaud as I interpret it to mean that one doesn't need to anesthetize the senses in order to feel alive and creative. I identified with it, so in this sense, the poem accomplished its purpose. Parabens, eu gostei muito.

Olavo disse...

Realmente um belo poema..
espero que Ester esteja bem ..
beijos a vc e a ela.

Fatima Cristina disse...

Olá Mírian!

Lindo poema! Nada como um café para nos inspirar!

Saudades da Ester!

Beijos.

glauce soares e meu filho Gustavo disse...

VIM DESEJAR UM ÓTIMO FINAL DE SEMANA,BJS

Improvisos de um louco disse...

café com poesia deve ter um doce amargo e doce ao mesmo tempo, né?

MEUS PENSAMENTOS disse...

café com a ester um grande prazer!bjs mirian saudades!

MEUS PENSAMENTOS disse...

vc ja pegou seu selo premio no meus pensamentos,passa la!

guerreira templante disse...

café e sempre bom e em boa companhia é muito especial!bom fim de semana!

Mírian Mondon disse...

Luciana!!!!!! Que alegria!!!!! Parabens pra voces!!!!!

Acho que voce pode imaginar minha alegria com essa noticia maravilhosa! Oramos muito por voce (meu marido e eu) e nossa alegria foi muito grande! Maior agora vendo essa foto linda de viver! Como ele é lindo! Estou muito grata a Deus por ter cuidado de voce e do Davizinho!
Valeu a pena! Mesmo com tanta expectativa, agora ele está aí e vai te dar muita alegria :)
Desejamos pra ele uma vida feliz e realizada e cheia de esperança!

Beijos e ganhei o ano com essa boa noticia!

Mírian Mondon disse...

É verdade Beth,
Hoje estava pensando nisso, não temos tempo pra mais nada. Nessa era do "instantaneo" tempos perdido contato com o essencial. Voce tem razao!

beijos e bom final de semana!

Graça Pereira disse...

Um café deliioso e uma poesia linda para preparar a alma para este fds que desejo seja feliz para todos. Bj Graça.

Macaires disse...

Este é o charme do teu espaço, o prazer que tanto o café quanto a poesia nos proporciona!

Sam disse...

Lindo!

Mande beijos para a Ester, flor de luz!

Beijão pra ti tbm

Mírian Mondon disse...

Obrigada meninas! ótimo final de semana pra voces!

beijos

dade amorim disse...

Tão lindo o poema, um bom café com poesia. Acabo de votar em teu blog, Mírian. Gosto dele de verdade. Gostaria de ter continuado trabalhando em tradução de textos literários, e ver o teu trabalho me deu certa invejinha benevolente.
Um beijo e sucesso!

Mírian Mondon disse...

Oi Dade,
Seja bem vinda aqui no Café e obrigada pelo voto!
Fico feliz que tenha gostado daqui.
Vou te visitar right now :)

beijos

José Carlos Brandão disse...

Olá, Mírian. O Norões é mesmo um grande poeta. O nosso vulgar cafezinho do dia-a-dia torna-se matéria de poesia - e de um poema muito bom.
Tudo bem com você? Sempre com café e poesia, não poderia estar melhor.

Um abraço amigo.

Mimirabolante disse...

linda a poesia , a foto e quase se sente o aroma no ar....bjcas....

Nydia Bonetti disse...

Vim agradecer a visita Mirian, e gostei muito dos teus blogs, especialmente este. Café é comigo mesmo, com poesia então... Também já votei, pois realmente gostei muito daqui. Voltarei.
beijooo

Emília Pinto e Hermínia Lopes disse...

Linda essa poesia, amiga. O café é uma bebida parecida com a vida. é cheiroso, estimulante, doce ou amargo; se lhe pusermos açúcar ele é um misto de doçura,perfumes e pode-nos dar o estímuto necessário para enfrentar o resto do dia que nos começa às vezes a parecer enfadonho. Assim é a vida..; um misto de cheiros, emoções, doce ou amarga; cada um é que sabe como gosta do café...; cada um de nós é que sabe o quer da vida. Ela nem sempre é doce.., para mim, ultimamente tem sido amarga e de uma doçura impressionante. Dia 10, Sexta feira nasceu a minha netinha, Eduarda, irmã do Lucas, de 2 anos. Tomei um café...,costumo não colocar açúcar, mas, a vida sussurou-me e , por milagre ele ficou com um perfume especial e de uma doçura fantástica. Beijinhos e obrigada pela linda poesia.

Emília

Mírian Mondon disse...

Olavo, voce nem imagina minha alegria de ver voce escrevendo novamente, depois de tantos desafios! Sempre torcendo por voce!

Obrigada pela visita!

Mírian Mondon disse...

Fatima!!! Obrigada pela visita, vou te mandar um email porque preciso da sua opinião sobre um assunto blogosférico :)

beijos

Mírian Mondon disse...

Glauce obrigada pela visita!
Vou lá no seu blog te ver...

beijos

Mírian Mondon disse...

Marcia!!! Mais um selo? :))
Acho que estou meio perdida com relacao aos selos, mas não em relação ao carinho que recebo!

Abraços

Mírian Mondon disse...

Stella cara guerreira, obrigada por sua visita aproveito para te desejar um ótima semana!

bjs

Anônimo disse...

Lindo, adorei...

Paulo Ka disse...

Saudades da Esther...
Que falta faz...

Paulo Ka
the K theory

Mírian Mondon disse...

É verdade Paulo,
Ester deixou um vazio nesse espaço virtual!

Daniel Savio disse...

Pena que a Ester terminou o blog...

Mas espero que ela esteja bem.

Fique com Deus, menina Mírian Mondon.
Um abraço.

Tobias Silser disse...

ótimas palavras.. parabéns!

Estou migrando meus cadernos para um blog agora.. depois de vários anos rs Depois dê uma passada por lá.. http://obaledasalmas.blogspot.com/

Um abraço!

Mírian Mondon disse...

Oi Tobias,
Obrigada pela visita e comentário.
Vou sim conhecer seu blog!

Abraços

Thomas disse...

Parabéns pelo blog e pelos textos! Vamos publicar um post sobre café em nosso blog no sábado e faremos referência ao seu blog, por causa do ótimo do conteúdo! Parabéns!