quarta-feira, 26 de dezembro de 2007

Natal


São Paulo vestiu-se para o Natal. Feéricamente iluminada, se bem que menos que nos anos anteriores por conta de uma pretensa economia de energia. Os shoppings e lojas isoladas estavam apinhados de gente como se houvesse um momento programado para amar e para se doar... É tudo muito bonito do ponto de vista estético, mas o que é real nisso tudo?

Na minha familia não comemoramos mais o Natal, pelo menos não da maneira tradicional. Essa época do ponto de vista social tornou-se um momento para curtir os amigos e a familia.


Neiva

Esse ano depois dos ultimos acontecimentos eu queria ficar sozinha , mas minha amiga Neiva não gostou dessa idéia :) e foi muito bom estar com essa familia que é muito preciosa para mim.
O que é especial sobre a Neiva é que ela celebra o Natal o ano inteiro, cada encontro com ela é um transbordar de amor generoso. Ela coloca um pouco de beleza em tudo que faz, desde os deliciosos pratos naturais que ela prepara até os pequenos gestos cheios de significado com ela cerca todos os que ama. Não haveria um lugar melhor para passar esse dia!

Katia e Gabriela aguardando o jantar :)


Olha como a Gabriela cresceu!


Gabi na Costa do Sauípe



Gabi bebezinha

Foram momentos alegres com música, comida deliciosa, demonstraçoes de carinho e recordações,vimos fotos de outros momentos, e pensei mais uma vez "como a vida passa tão rápida, como é importante viver com responsabilidade e dar valor ao que tem valor realmente"
Mas a melhor definição de Natal eu ouvi no culto de hoje dia 25, o pastor pediu uma oração das crianças e uma menina de 6 anos fez uma oração que arrancou lágrimas dos nossos olhos. Ela disse com sua vozinha infantil:
"Senhor, nesse dia eu quero agradecer porque Jesus nasceu, morreu e ressuscitou!" Eu e Adriana minha amiga abrimos os olhos já em lágrimas e olhamos admiradas uma para a outra!
Por isso a Bíblia diz que da boca das crianças vem o perfeito louvor! Essa é a definição mais completa que já ouvi sobre o Natal, profunda e completa.
Na hora percebi que um dos aspectos mais deformantes dessa comemoração é a infantilização de Jesus, sempre mostrado como um bebezinho, débil e sem poder e não como um forte guerreiro, que revolucionou a história, morreu pela humanidade e vai voltar!
E advinha, depois da oração espontânea dessa criança, a mensagem do pastor era exatamente essa; nosso Natal é esse: Jesus nasceu, viveu de maneira transformadora, morreu de forma restauradora, ressuscitou de forma poderosa (todos os herois continuam nos seus túmulos, mas Jesus é mais que um herói, ele é o Filho de Deus!) e voltará de forma gloriosa para buscar os que são seus!
Jesus não pode ser celebrado como um bebe, a Gabriela sim, por enquanto :)

Feliz Natal!

3 comentários:

jean-Louis disse...

Merci Mirian de nous rappeler les choses essentielles qui donnent de la valeur a notre vie et que tu as si bien decrites.
je prie que cette nouvelle annee le Seigneur nous accorde la grace et le don d'un coeur pur de ces enfants qui possedent une sagesse bien au dela de leur annees et qui expriment leur gratitude d'une facon telle qu'il n'y a qu'une seule explication. ils connaissent Jesus et suivent son example et le demontrent par leur simple devotion a leur Papa Celeste et par des louanges et leur sincere priere de remerciements.

neiva disse...

Minha querida afilhada, sinto-me "deverasmente" cumprimentada por vc, mui bem amada mesmo, apesar de não termos nos falado ao telefone ( recebi seus votos à noite na secetária e fiquei très heureuse pour votre votre belles palavras ( mots ? ) de carinho e amor...Muito obrigada e que Deus a abençoe e realize também vossos planos e sonhos aussi revolucionários, afinal, Jesus era très revolucionário, veio para nos ensinar a sermos dissidentes das mesmices predatórias da dignidade humana...Love prá vc e seu Jean-Jean, para vossos filhos e saudade da Neiva...Também não a encontro, quando ligo...Mas "bientô" vai dar certo !

maria elide disse...

Oi Mirinha,

Você é uma fofa mesmo, uma graça de Deus.
Obrigada amiga,

Bjs