quinta-feira, 2 de abril de 2009

Ecological Day - Ecologia da Mente


Muito se fala sobre Ecologia, de viver em equilibrio e em harmonia com a natureza... conosco mesmos etc.Seria a sociedade industrial um caminho sem volta? Passamos dos limites? Sabemos separar o que é útil do que é inútil?

Essas são perguntas legitimas que me faço não porque seja politicamente correta, muitas vezes eu não sou... Mas o proprio caminhar da humanidade, e as convulsões em todas as esferas do planeta me obrigam a repensar.

Num mundo entrando em recessão exatamente pelos seus excessos somos obrigados a nos colocar certas perguntas para as quais as respostas não são sempre as mais simples.
Mas sabemos que se continuarmos nessa corrida louca em direção ao progresso sem fim, sem repensarmos nossa relação com a natureza e com nossas reais necessidades deixaremos um legado bem triste para as próximas gerações.

Vejo esse desequilibrio com a natureza como reflexo de outros desequilibrios. Não conseguimos vencer as doenças, o medo, o racismo e muitos outros desafios que temos enquanto sociedade e individuos e agimos como crianças egoistas em relação a nossa casa maior que é o planeta.

Talvez um dos meus maiores desafios seja conseguir ver o todo, e não apenas o meu canto de mundo e o aqui e agora. Me ver como parte de um todo. Aí sim, plantar uma arvore fará sentido, economizar água fara sentido... A propria ciencia se especializou num nivel, que não conseguimos mais ver as coisas como sendo parte de algo maior. O mundo está divido em pequenas caixas, como se as coisas nao tivessem mais relaçao umas com as outras, e assim tambem nos vemos em relação ao planeta, numa atitude de 'e eu com isso'.

Tenho repensado minha vida em todas as áreas, e tentado buscar soluções para o hoje e para o amanhã,para mim mesma e para os que virão depois. Um futuro mais suave, mais conectado ao essencial. É isso que considero ser a real
Ecologia da Mente.


¯`•.¸¸.>

26 comentários:

Elma Carneiro disse...

Mirian, muito bom o seu texto de reflexão pessoal que nos leva a olhar para dentro de nós e de nossa consciência quando se trata de ecologia.
Obrigada por estar conosco nessa coletiva. Sonia e eu agradecemos sua valiosa participação.
Seu texto me fez lembrar essa frase de Ronaldo Carvalho:
"Cria o teu ritmo livremente, como a natureza cria as árvores e as ervas rasteiras. Cria o teu ritmo e criarás o mundo"
Seja bem vinda sempre no Ecological Day
Um beijo

meus pensamentos disse...

ola mirian ñ se desculpe pela pergunta da foto a poesia ainda esta no meu coração e com sua altorização vai ficar linda!
estava muito doent por isso ñ atendi seu chamado urgente ,mas sei q vc entendi,meu reumatismo tem dado crises horrorosas!mas quando da entro correndo e morrendo de saudades,seu texto ta lindo parabéns bjo s!

lili laranjo disse...

deixo com um beijo

..............


Café
Sozinha…
Sentada à mesa do café…
Peço com carinho…
O que mais gosto – um café…
Um café, quentinho, curtinho…

E sem açúcar…
E sentada, delicio-me contigo…
Meu grande amigo…
Meu companheiro inseparável …
Meu amigo de muitas horas…
De horas boas e más…
Porque tu que me sacias…
Estás sempre comigo!...

Um, dois, e se for preciso dez…
E estás presente…
E deixas que dentro de uma chávena …
Eu te aperte entre os meus dedos…
E muito quentinho, muito curtinho…
A quem carinhosamente, chamo italiana…

E sem açúcar vou-te bebendo…
E porque te quero…embora amargo…
És para mim, muito docinho…
E sinto-me outra…
Por saber que te tenho…
Sempre que te quero! …

Lili Laranjo

jugioli disse...

Pensar o real desta possibilidade, com certeza é o nosso processo neste século.
Gostei do que você aqui nos traz como reflexão.

@dis-cursos

Mírian Mondon disse...

Elma, Marcia, Lili e Ju,
Obrigada por seus comentários, poemas e pensamentos! Logo irei visitar seus blogs para ler seus textos.

Infelizmente meu PC foi afetado pelo Conficker, acho que foi vingança por que eu avisei muita gente rs

Para conseguir postar hoje, e voltar agora gastei horas, tendo que reiniciar o PC várias vezes.

Mas voltarei!
Abraços a todos!

€ster disse...

Oi Dé,

seu texto é genial! Você nos faz refletir sob uma ótica inusitada, autêntica e prática,

como sempre, perfeito!


Eii.. vc não atualizou o Windows?!
Xii..


espero que não cause muitos estragos,


beijinhos,

Mírian Mondon disse...

Obrigada Ester! Pior que atualizei, mas não consigo ficar online por mais do que 2 ou 3 minutos...
Depois vou lá ler seu texto!

beijos

Paulo Ka disse...

Oi Mirian, parabéns pelo texto é uma ótima reflexão. Realmente é o que precisa ser feito uma "ecologia da mente", é repensarmos, nossos atos, nossas atitudes, nossos valores. Pensar o que lição e que mundo deixaremos para as proximas gerações.
Beijos.

José Carlos Brandão disse...

Mírian,
parabéns pela reflexzão sobre o nosso domicílio. Somos como árvores, temos raízes plantadas na terra, morremos se nossas raízes estão fora do seu habitat - no entanto destruímos esse habitat. É preciso repetir, e repetir sempre, até que o homem tome consciência de que está destruindo o seu domicílio.
Um beijo.

Zani disse...

Oi Mirian.
é muito triste saber q nós somos responssável pela destruição do nosso planeta. Ainda ontem eu e algumas amigas estavamos conversando a respeito.
Há alguns anos atrás avida era mais difícil, mas em compenssação produziamos muito menos lixo,pois as fraldas não eram descartáveis, as garrafas eram de vidros e tinham retorno, praticamente todas as vasilhas eram de vidro, a carne era embrulhada em papel pardo, as compras nos supermercados não vinham em sacolas plásticas, e etc... hoje com toda a tecnologia sem dúvida nem uma a vida ficou melhor e mais facíl, mas será que o preço que vamos pagar vai valer a pena?
Bjs no seu coração e não esqueça que vc é muito bem vinda no coração pitara.

Daniel Savio disse...

Não acho que seja apenas um "problema mental", também tem a parte da educação errada que recebemos que contribui nesta destruição...

Fique com Deus, menina Mírian Mondon.
Um abraço.

meus pensamentos disse...

tem selos pra vc lá no blog ,ta?
bjs!

Anônimo disse...

Nota 10!!!

ลndreia disse...

Um dia, teremos limites ao nível atómico apenas!
Apenas criamos o mundo que queríamos... *

Mírian Mondon disse...

Ola amigos,
Estou escrevendo da Biblioteca publica pois ainda nao coneseguimos nos livrar do virus.
Mas em breve estarei de volta para responder a todos voces!

Parabens Tran pelo blog!
Abracos a todos!

Olavo disse...

Passando para desejar uma ótima quarta..
Ainda não estou podendo ler os blogs amigos
Minha conexão aqui é ruim...mas volto para ler
Com mais atenção..
Beijão

Nilson Barcelli disse...

Cara amiga, a sua reflexão é excelente.
Se todos pensassem como vc, tudo seria mais fácil. Mesmo não sendo politicamente correcta...
Boa Páscoa, beijos.

Janaina Brum disse...

Mirian, obrigada por ter visitado o "Entre a loucura e a arte"!
Adorei seu blog, colocarei na minha lista!
Bjs, Jana

Zisco disse...

Oi minha amiga,

vc realmente toca em um ponto que muita gente deixa de lado, mas que deveria ser considerado com muito cuidado, pois o mundo todo é nossa casa, e se não cuidarmos dessa grande casa ela vaificar muito ruim para se morar nela.
Dizem que os índios vêem a floresta inteira como sendo a casa em que habitam , e por isso cuidam dela, mas nós só cuidamos das nossas casinhas na cidade, nossa caixinha onde dormimos e guardamos coisas.
Ainda assim isso pode nos ajudar bastante, mesmo porque nenhum de nós gosta de ter nossas casas desarrumadas ou danificadas por ninguém, só precisamos nos apossar dessa casa inteira.
O dia em que realmente nos dermos conta de sermos todos donos dessa enorme casa cuidaremos dela com muito mais zêlo.

Maria disse...

obrigada pela visita e pelo impulso.
Você também faz parte de emu impulso.
beijinhos

O Profeta disse...

Para que a terra não trema
Para que esta Ilha seja de boa guarida
Mil e muitas ave-marias
Para iluminar tanta alma perdida

Em meu peito bate a fé
Sou um caminhante de muda revolta
Olhos presos a este manto verde
Alma que se ergue e fica solta


Boa Páscoa


Mágico beijo

Fatima Cristina (www.fccdp.com) disse...

Oi Mirian,
Sinto muito pelo vírus ter infectado o seu PC! Espero que vc tenha back-up de tudo!

O "Boa Baltazar!" deseja a todos uma Ótima Páscoa!

http://fccdp.blogspot.com/2009/04/feliz-pascoa-para-todos.html

Abraços,
Fátima

Compondo o olhar ... disse...

querida aqui estou eu para avisá-la que tem selinho p vc no meu blog. passa lá para pegá-lo....

bjocas

Mírian Mondon disse...

Oi pessoal! Obrigada pelas visitas e comentarios. Acho que o problema do virus foi resolvido.
A partir de amanha visitarei seus blogs.

Abraços a todos!

chicoelho disse...

Olá Miriam

Bela reflexão,só diria uma coisa a mais o meio ambiente tambem somos nos.

Abç

Dulcineia (Lília) disse...

Miriam,
Um espaço tranquilo.
Uma excelente reflexão. "um futuro mais suave, mais ligado ao essencial" Parabéns!"

Um bom domingo de Páscoa, voltarei, com o tempo que merece para ser lida.

Um abraço do arco-íris, beijos
Lília