sexta-feira, 5 de setembro de 2008

Travessia


Travessia é provavelmente a musica mais profundamente ligada a minha adolescencia.
Ela é mais do que um poema é uma especie de espelho da transicao.
Quem de alguma forma nao soltou a voz nas estradas e nao teve a certeza de que seus sonhos eram feitos de brisa?
Quem nao teve alguem indo embora, ou quem nao foi embora da vida de alguem?

Nessa nova transicao que estou vivendo essa cancao me trouxe um pouco das outras que ja vivi... mas alem das minhas lembrancas, sei o que voce quis dizer me enviando essa cancao...

Travessia

Composição: Milton Nascimento / Fernando Brant

Quando você foi embora fez-se noite em meu viver
Forte eu sou mas não tem jeito, hoje eu tenho que chorar

Minha casa não é minha, e nem é meu este lugar
Estou só e não resisto, muito tenho prá falar
Solto a voz nas estradas, já não quero parar
Meu caminho é de pedras, como posso sonhar
Sonho feito de brisa, vento vem terminar
Vou fechar o meu pranto, vou querer me matar

Vou seguindo pela vida me esquecendo de você
Eu não quero mais a morte, tenho muito que viver
Vou querer amar de novo e se não der não vou sofrer
Já não sonho, hoje faço com meu braço o meu viver

Solto a voz nas estradas, já não quero parar
Meu caminho é de pedras, como posso sonhar
Sonho feito de brisa, vento vem terminar
Vou fechar o meu pranto, vou querer me matar


Video enviado por Esther

5 comentários:

Anônimo disse...

trop beau ...JE CONNAIS CETTE CHANSON SANS JAMAIS AVOIR LU LES PAROLES
LES MOTS eTAIENT MAGIQUES ET MYSTERIEUX- c'est aujourd'hui que je découvre les paroles ...

2 expressions que je ne comprends pas
''e se não der ''
" hoje faço com meu braço o meu viver"
AM

Mírian ღ ღ disse...

é... essa é realmente uma das mais belas cancoes que conheco...

"e se nao der" quer dizer "se nao for possivel"

"hoje faço com meu braço o meu viver" quer dizer que ele perdeu um pouco as ilusões, que sonha menos e "trabalha" mais ...

:)

simone disse...

Minha querida amiga, é uma alegria saber que tenho sua amizade!

mariana estevam disse...

A LISTA
Composição e Interpretação: Oswalo Montenegro

Faça uma lista de grandes amigos
Quem você mais via há dez anos atrás
Quantos você ainda vê todo dia
Quantos você já não encontra mais...
Faça uma lista dos sonhos que tinha
Quantos você desistiu de sonhar!
Quantos amores jurados pra sempre
Quantos você conseguiu preservar...
Onde você ainda se reconhece
Na foto passada ou no espelho de agora?
Hoje é do jeito que achou que seria
Quantos amigos você jogou fora?
Quantos mistérios que você sondava
Quantos você conseguiu entender?
Quantos segredos que você guardava
Hoje são bobos ninguém quer saber?
Quantas mentiras você condenava?
Quantas você teve que cometer?
Quantos defeitos sanados com o tempo
Eram o melhor que havia em você?
Quantas canções que você não cantava
Hoje assobia pra sobreviver?
Quantas pessoas que você amava
Hoje acredita que amam você?

http://www.youtube.com/watch?v=aV99ypbCidw

rachel disse...

Oi Mírian,
Sentimos saudades... mande notícias.
Beijos